Dicas para revisão automotiva.
A revisão automotiva é a responsável pelo desempenho adequado do carro e por precaver o desgaste das peças do automóvel

Confira algumas dicas para revisão automotiva. – W2Sat Rastreamento

Com o uso constante do carro é natural que as peças se desgastem e há vários fatores que podem contribuir como as condições da pista e até mesmo a forma como você dirige seu veículo. Evitar que você fique na mão e com o carro parado no meio da estrada é uma das razões principais para que você faça a revisão automotiva.

A revisão automotiva é a responsável pelo desempenho adequado do carro e por precaver o desgaste das peças do automóvel, garantindo assim, que o seu tempo, dinheiro e problemas sejam poupados.

Através desse serviço você poderá descobrir se há algo errado com o carro e antecipar problemas. A revisão automotiva é recomendada a cada seis meses ou 10 mil quilômetros rodados. O importante é que você consulte o manual do automóvel ou procure um profissional especializado.

Sendo assim, a W2SAT preparou estas dicas para você na sua revisão automotiva.

Leia mais: 9 Dicas para se prevenir contra roubos.

Durante a revisão automotiva, em primeiro lugar é preciso checar o motor do carro. Isso porque essa peça funciona como se fosse o coração do veículo e manutenção corretiva do motor tem um alto custo. Por isso, é importante verificar sempre as vibrações, filtro de ar e efetuar a troca do óleo veicular. Juntamente com o motor, a água do radiador é um aspecto que deve ser verificado de forma periódica, já que a falta de água no radiador pode gerar um superaquecimento do veículo e causar problemas sem conserto.

O nível do óleo do motor é caracterizado por ser um dos pontos mais importantes da revisão, já que a falta ou o excesso de óleo pode causar grandes problemas ao motor do carro. (vale destacar que não se deve misturar óleo velho com óleo novo, pois isto pode prejudicar o motor.)

Uma das causas dos maiores acidentes de carros é o pneu careca. Isto ocorre devido à falta de aderência dada ao veículo com relação ao solo, facilitando a perda de controle do automóvel. A troca de pneu deve ocorrer quando sua superfície não apresentar mais ranhuras (sulcos), o que significa que ele está liso, ou seja, careca. Além disso, não se pode esquecer de revisar o alinhamento, balanceamento e calibragem dos pneus. Essa precaução garante a estabilidade e aderência na pista, além de evitar acidentes.

É válido ressaltar que, em hipótese alguma, o motorista poderá andar sem o estepe no veículo. Em toda a revisão automotiva, devem ser checados os amortecedores e suspensão. Nesse sentido, essa precaução garante maior estabilidade durante a viagem e absorção de impactos. Este tipo de revisão automotiva deve ser feita a cada 10.000 km rodados, pois é o alinhamento o responsável por evitar o desgaste dos pneus e por manter o carro estável.

Leia mais: Mudanças no CTB: veja o que muda com as novas leis de trânsito.

Para enfrentar o trânsito é preciso se certificar a respeito do funcionamento de faróis, faróis de neblina e lanternas, trocando lâmpadas queimadas. A sinalização é importante durante qualquer manobra nas estradas e pode ajudar a evitar acidentes. Por esse motivo, realize a revisão automotiva com seu eletricista e cheque se as lanternas e faróis estão funcionando corretamente.

Agora que você já está atento aos cuidados para a sua revisão automotiva, é hora de saber qual é o melhor rastreamento veicular para o seu veículo. E para isto, você deve conhecer com a W2SAT Rastreamento Veicular para já usufruir dos benefícios do rastreador e garantir a proteção do seu veículo, conversando com nossos consultores qualificados que irão orientar você em todo o processo, proporcionando sempre tranquilidade e segurança para o seu patrimônio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *